A história da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania

A Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania - FICC, oficialmente criada pela Lei Municipal nº 1.839, de 27 de dezembro de 2001, é uma autarquia que tem por objetivo fomentar a cultura, a cidadania, o turismo, o lazer e o esporte em Itabuna, Município do Estado da Bahia, com 220.00 habitantes. Por dezenove anos, a FICC vem promovendo o desenvolvimento sócio cultural da cidade de Itabuna, promovendo ações efetivas do fortalecimento da cidadania através do programa PACAES que chega a contemplar 5.000 jovens e adolescentes em situação de risco, além de dar oportunidade a mais de oitenta profissionais chamados de Oficineiros, que ministram os cursos em vários locais da cidade.

Itabuna por estar situada na Costa do Cacau, faz parte da rota do turismo que vai de Canavieiras a Itacaré. Como eixo rodoviário, tendo as BR’s 101 e 415, Itabuna torna-se uma das principais opções de roteiro tanto para toda a Costa do Cacau, quanto para as Costas do Dendê e Costa da Baleias. Com o comércio mais forte da região, a cidade tem em suas festas populares um mecanismo de geração de emprego e renda bastante significante. O espetáculo teatral A Paixão de Cristo por exemplo, é realizado todos os anos pela FICC e chega a levar mais de 20.000 pessoas entre nativos e visitantes para o local da apresentação. A festa do padroeiro e o Alto de Natal também são eventos tradicionais da cidade que fortalecem o turismo regional. O Carnaval antecipado da cidade também é um evento muito importante, inclusive contando com parcerias com instituições de peso no estado e na união. Mas, é nas festas juninas que o município conta com um público expressivo de visitantes de cidades da região e também de outros estados. Hotéis, restaurantes, bares, vendedores ambulantes, transportes etc., lucram muito durante o mês de junho, devido a realização dos eventos juninos.